sábado, 11 de maio de 2013

mama sutra

Como eu já disse em outros posts agora vou cumprir o post do mama sutra. Como sou mãe full time e blogo nas horas vagas, pela minha ausência nota-se que as horas vagas são poucas.
Descobri o termo curioso e engraçado "mama sutra" com a médica que auxiliou no meu parto e que é uma amiga do peito. Aliás aproveito pra divulgar essa iniciativa bacana que tem reuniões mensais que podem ajudar as recém mamães com as questões relativas a amamentação. Conheça as amigas on line através do site http://www.amigasdopeito.org.br/
Voltando ao assunto, muitas vezes achamos antes de ter o filho que para mamar tem que estar sentada na cadeira de amamentação, com o bebê deitado nos nossos braços. Porém isso é a amamentação da TV idealizada, se um bebê mama de 3 em 3 horas durante meia hora, significa 4h sentada naquela cadeira, incluindo horas da madrugada, ou seja, não é bem assim que as coisas vão funcionar, e se for assim, você se transformará numa mãe mega cansada dormindo mal pra caramba, podendo até ter uma queda na produção de leite e se o bebê mama em intervalos menores como o meu mamava aí pode passar cola e ficar lá na cadeira metade do dia.
Diante da realidade que pode ser de uma mamada a cada hora é importante saber variar não só o peito, mas as posições para amamentar.
O seio tem quadrantes que vão esvaziando, de modo que o abocanhar do bebê influência muito nisso, variando a posição da boca do bebê na pega ajuda a esvaziar melhor as mamas diminuindo a chance de "empedrar" (o certo é ingurgitamento), o que pode levar a uma mastite.
O ideal é revezar os peitos, em uma mamada oferecer um,  na outro o outro, ou então dividir o tempo em cada mama, por exemplo: 15min no lado direito e 15 no lado esquerdo, porém na próxima mamada deve oferecer primeiro o lado esquerdo, tudo isso porque produzimos leites diferentes no estágio da mamada, e leites diferentes é muita tecnologia, não é um pó qualquer na água. O primeiro leite é mais doce, mais liquido serve pra matar a sede, o segundo leite é mais gorduroso e é esse que vai ajudar a engordar e crescer. Um bebê que engorda pouco é um bebê que não mama tanto o leite da fase final, até porque tem muitos bebês que dormem logo depois de uns minutos mamando. Então não dá pra esquecer de revezar e pra não ficar na dúvida de qual seio foi dado na ultima vez eu recomendo dar apenar 1 por mamada a não ser que o bebê tenha esvaziado a primeira mama que foi dada, pois desse modo você sentirá que tem um peito beeem mais cheio que o outro e não precisa lembrar qual foi o ultimo peito dado, a natureza se encarregará de lembrar.
Pois bem, vamos as posições:

Essas são algumas posições ignorem o fato de ter observações que dizem em relação ao tamanho dos seios, eu tenho pouco peito e isso não atrapalha em nada variar. Há um mundo de posições para amamentar, que vai só aumentado a medida que o bebê cresce e vai ficando firminho, usem a criatividade e estejam sempre em posição que seja confortável e cause bem estar pra você e pro bebê.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...