segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Das perguntas: Papel higiênico, no vaso ou no lixo?

Eu vivo me fazendo perguntas e nem sempre tenho as respostas, essa pode parecer inusitada, mas sim, já pensei nisso e me surpreendi com o que descobri.
Aqui no Brasil todo banheiro que se preze tem lixeira e muitos banheiros públicos tem a seguinte placa:
 

Em portugal encontrei a versão lusitana da coisa e acho que herdamos esse hábito deles, acho, porque não tenho a menor certeza.

Quando morei fora percebi a inexistência da nossa companheira lixeira, e vi que o papel era descartado no vaso sem o menor problema. Tenho por hábito seguir os hábitos e assim fazia, até porque fora da minha casa não havia essa opção, mas quando voltei continuei usando a lixeira nossa de casa dia.
Tudo muito bom e muito bem até eu me casar com um "gringo" e ele me perguntou porque não colocávamos os papéis no vaso, de pronto mais que automatico e mecanicamente respondi: "Oras, porque entope!" Pouco depois pensei, mas na França não entopia... Será mesmo que entope? Ou fomos ensinados a usar isso como desculpa até que passamos a acreditar nisso, e como é uma coisa muito cotidiana passa batido. Aprendemos com nossos pais e repetimos isso, sobretudo mulheres que usam mais papel, por motivos obvios, aprendemos a dobrar e por na lixeirinha. Por que isso? Não sei, sinceramente, há quem diga que nos espaços públicos é "porque não fazem manutenção de seus vasos sanitários ou não querem fazer um investimento adequado para capacitá-los a funcionar corretamente. Eles não estão preocupados com o meio ambiente." Talita do Dona Perfeitinha
Porém, eu resolvi pesquisar pensando no que realmente me interessa, o meio ambiente. O que é melhor pro nosso planetinha? Lixo ou vaso!
Resposta: DEPENDE.
Questão 1- Depende se a descarga dada ao xixi e cocô de cada vai parar num local com tratamento de esgoto ou não.
Se a opção for vai pra um local com tratamento o melhor é jogar o papel no vaso, isso mesmo! Parece estranho mas é isso mesmo. Não, não entope a não ser que sua descarga não tenha força pra levar o papel ou encanamento seja velho, ou ainda que vc use quilos de papel por vez. Por via de regras saibam que "Esse material é feito para se dissolver. Se não for jogado em excesso, não entope os canos e não há consequência para a rede ou o tratamento", diz Hélio Padula, 54, gerente de seviços da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).
"O mundo inteiro joga o papel no vaso sanitário. Só aqui temos esse hábito do jogar na lixeira", diz Pedro Alem, 64, professor do departamento de engenharia hidráulica e sanitária da Poli-USP. 
Ao chegar na estação de tratamento o papel já começou  a ser decomposto, pois quando você joga o papel no vaso, ele inicia o processo de decomposição ainda na água. Os resíduos que sobram são descartados e podem se decompor em 3 meses o impacto ambiental do papel higiênico é menor quando é jogado no vaso, pois será decomposto pelos micro-organismos nas estações de tratamento de esgoto.
Se você coloca na lixeira ele será fatalmente embalado por uma sacolinha plástica e o tempo de decomposição pula de 3 a 6 meses para 40 anos! E ainda, segundo Marcelo Morgado, assessor de meio ambiente da presidência da Sabesp, "se jogado no lixo, o papel higiênico será destinado aos aterros sanitários, contribuindo para a produção de gás metano e a contaminação do solo". Muito pior né? Porém, mantenham a lixeirinha lá ela será muito útil pra colocar cabelo, cotonetes, preservativos, absorvente, fraldas e plásticos em geral, porque né? Não é pra sair jogando tudo na privada, só papel.

Agora, se o esgoto não tem tratamento ainda vale a pena usar a lixeira pro papel, pois do contrário ele vai parar nos mares e rios e isso não é uma boa pro planetinha. Para saber pra onde vai é só entrar em contato com a concessionária de esgoto local. Se não tiver é bom pressionar já que o impacto ambiental do papel no vaso é menor.
A atitude é simples e fácil de incorporar ao cotidiano vale a pena tentar.

Blogs visitados:
http://gentenovarevista.blogspot.com.br/2011/09/reciclar-papel-higienico-no-lixo-ou-no.html
http://www.donaperfeitinha.com/2011/01/papel-higienico-no-vaso-sanitario-ou-no.html
http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/lixo/conteudo_391999.shtml
http://www.deverdecasa.com/2009/11/papel-higienico-no-vaso-sanitario.html


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Texto do meme - Jean Willys canalha?

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, mas no mundo da internet tudo pode parecer qualquer coisa, a manipulação taí pra usarem a torto e a direito. E eis que após corrigir uns trabalhos de alunos da faculdade e morta de sono vejo uma mensagem piscante do feice, era minha mãe dizendo: Viu isso? Desconhecia esse lado...
E postando a seguinte imagem que reproduzo aqui

Logo assim que vi e li desconfiei, primeiro pela forma que está escrito, segundo pelo que vinha na descrição da página do feice que postou a referida imagem daqui de cima.
Fui pesquisar e...
Sim, é verdade que ele quer legalizar a prostituição e que bom, né? Afinal dizem ser a profissão mais antiga do mundo tem até gente na bíblia (já que os crentes evagélicos só dão crédito quando ela tá no meio) que exerceu essa profissão. E não, não é um benefício, é apenas igualar certos direitos que qualquer outra profissão tem, e por favor, guardem os moralismos, tem prostituta de todos os tipos e por todos os motivos inclusive as que gostam do que fazem ou da grana e tem também as que dizem que é por falta de opção enfim, ninguém obriga ninguém a nada salvo em salve jorge. Ok, tem um certo abuso em algumas situações, mas vejam bem, se a coisa é legalizada os cafetão(inas) 'pira'. A proposta deste deputado que é sim um ex big bosta, mas que vem se mostrando alguém com inteligência e militância séria nos seus propósitos e convicções foi apresentada em julho de 2012, o projeto de lei é o numero 4.211/12, que pretende legalizar a prostituição no país. A proposta é  polêmica e vai dar muito o que falar. 
Mas nasce em um debate propiciado pela Copa do Mundo, assim como ocorreu nos outros países que sediaram a competição. A África do Sul debateu o tema nos últimos anos da década de 2010, levando em conta principalmente o risco de disseminação da Aids no país, mas as propostas de legalização não foram aprovadas.
Já na Alemanha a lei que trata do tema foi alterada, aumentando os direitos das prostitutas e tornando a atividade legal. “O projeto pretende dar direitos trabalhistas aos profissionais do sexo e também combater a exploração sexual de crianças e adolescentes e o tráfico de mulheres”, afirma o deputado. Há ainda uma proposta tramitando no Senado no projeto do novo Código Penal que pretende descriminalizar as casas de prostituição.
Enfim, a coisa não é bem como estão pintando, parece que isso é um meme malafaiesco ou de gente com a mentalidade do tal pastor. Meu sono continua, mas sim, eu precisava escrever sobre isso.
Boa noite! Ou melhor, Bom dia!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Receita de um domingo preguiçoso

Pois é, depois da ida do horário de verão (que a gente demoooora pra se adaptar e quando entra no esquema ele se vai) dá uma preguiiiiça e o dia começa "mais cedo". O seu merecido domingo de descanso vira um dia de adaptação ao "fuso horário", e a próxima segunda será estranha, assim como a semana a seguir. Uns odeiam, outros amam, mas o importante é que eu já pensei em postar várias receitas de coisas que tenho feito e comido aqui em casa ultimamente, mas admiro muito quem posta sempre isso, principalmente aqueles com fotos do passo a passo, porque eu não consigo dar conta disso não (até porque não dá pra postar qualquer fotografia, tenho um certo nível de exigência). Mas como o almoço foi light e saboroso e ainda por cima muuuito rápido e prático compartilho aqui praqueles dias que a criatividade foi passear e a preguiça se instalou.


Salada domingueira com Sauce Noir* e frango caipira ao alho limão e curry.

um pezinho de alface
e a gosto:
manjericão fresco
hortelã  fresco
pimenta biquinho
pimenta calabresa (ponho bem pouco só pra dar um toque)
alecrim
nozes pecan (mas pode ser avelã, amendoa... enfim uma oleaginosa)
tomate
azeitona
meio dente de alho

Numa saladeira esfregue o meio dente de alho e acrescente todos os ingredientes acima mencionados e os misture. Somente coloque o molho na hora de servir pra não murchar e obvio (mas nao tanto pra algumas pessoas) após lavar as folhas deixe secar pra ter uma salada e nao uma sopa de salada.

Sauce Noir* ou molho negro

*Essa foi uma invenção minha, não se existe mas eu batizei assim, afinal quase tudo já existe, mas ela foi criada baseada na pura falta de azeite.

2 partes de shoyo
1 parte de vinagre balsamico
mistura e pronto e por favor evitem o sal shoyo ja tem muito sódio.

Frango

tiras de frango caipira (pode ser qualquer outro frango ou galinha desde que não cacareje mais)
alho a gosto bem picadinho
oleo de girassol
suco de meio limão
sal e curry a gosto

Corte o frango em tiras e deixe em contato com o sal, alho, curry e o suco de limão, enquanto isso se ocupe da salada.
Depois numa frigideira coloque um fio de oleo de girassol e o franguinho e deixe cozinhar.
Pronto e rapidíssimo.

Bon ap!




Das coisas que não entendo - Horário de verão uma economia mal aproveitada


Nem tudo tem lógica nessa vida, ok! Mas uma coisa que eu realmente não entendo é o horário de verão, aquela mudança que uns amam e outros odeiam. É muito sutil uma hora de diferença, mas se você tem crianças e elas tem uma certa rotina e horários o impacto dessa mudança pode ser bem grande. Mas se é por um bem maior tudo bem, o problema é que somente uma parte do país adota essa mudança e isso não inclui a região que é a maior beneficiada com o sol, o nordeste.
Essa é uma das muitas incoerencias desse sistema, tomemos por exemplo Joao Pessoa, cidade que está a extremo leste e que possui o slogan "aqui o sol nasce primeiro", se o sol nasce lá primeiro não seria devido a posição geográfica? Pois lembremos: a hora é determinada pelo sol, ponto. A questão é que não seguimos isso em detrimento de estar na mesma hora que grandes centros por interesses capeitalistas. Então a lógica da economia não faz sentido neste exemplo, visto que eles desperdiçam o sol que nascendo mais cedo por consequencia vai se pôr mais cedo, ele podia ser de fato aproveitado para diminuir a consumação de energia.
Outra incoerêcia é que o ano tem 12 meses e é dividido em 4 estações, qualquer aluno do antigo primário, atual sei lá o que, sabe que nessa questão matemática cada estação dura 3 meses, mas o horário de verão começa antes do verão começar e acaba antes, porque? Se a ideia é a diminuição do consumo de energia e dizem que se chega entre 5 a 15%, é plausível que comece antes, mas não que termine antes, o mais normal seria terminar junto ou depois do verão, a estação, pra fazer algum sentido nesse nome, horário de verão. Esta última mudança dos relógios começou dia 20 de outubro e acabou ontem, pra quem não sabe o verão começou dia 21 de dezembro (entendo que na maior parte do Brasil é complicado aferir quando é verão, uma vez que faz quase sempre calor) e terminará em 20 de março, lembramos assim de Tom Jobim que cantava as águas de março fechando verão, mas como já disse por aí precisamos também da composição aguaceiro de janeiro, responsável por algumas tragédias, mas isso é coisa de outro post.
Enfim, pra não ficar em cima do muro assumo, eu gosto do horário de verão, só nao gosto de mudar, entende? Não? Pois é complexo mesmo.
Mas a questão é se o horário de verão tem um apelo econômico numa coisa que nos é tão cara (tanto no sentido financeiro quanto estimada) porque não é unificado no país inteiro?
E se essa economia realmente vale a pena porque não um horário de inverno já que nessa época do ano os dias são mais curtos. Ok, parei (não me joguem pedras) não precisamos tanto por agora, mas um mínimo de coerência seria o país inteiro adotar esse conceito que é um pouco verde e ajuda um pouquinho nosso planetinha, né?
#prontofalei

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Carnavalzinho 2013

O carnaval chegou! Só que antes da hora, pois no Rio o pré carnaval tá intenso e atropelou os mais desavisados, tipo eu.
Este ano os planos carnavalescos são bem mais mansos que os de outrora devido a presença do herdeiro de 11 meses, mas como somos uma família que curte a folia faremos a introdução do pequeno a esta festa que se diz o maior espetáculo da terra.
Tá em cima da hora, mas tá na hora de fazer a listinha dos blocos e como esse ano o carnaval é voltado pro pequeno, nada de muvuca! Pesquisei na grande rede os blocos dedicados aos pequenos e aqui compartilho, os interessados em qualquer bloco, folia, multidão etc e tal pode fazer sua busca no site http://rioguiaoficial.com.br/carnaval e cair na gandaia.

Vamos aos bloquinhos:

Gigantes da Lira, saiu no domingo (3) às 9h em laranjeiras, agora só ano que vem assim como o bloco da Pracinha.

Bloco Ambiental

O Bloco Ambiental, idealizado pelo Programa Educativo do Museu do Meio Ambiente para os foliões mirins, vai embalar crianças com marchinhas de temáticas ambientais pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A concentração acontece na sala do Programa Educativo, dentro do museu, às 15h. Lá, as crianças se reunem para uma oficina de criação de fantasias e adereços com materiais reutilizados. Depois de paramentados, os foliões saem ao som de tambores de galão, trompetes de garrafa, chocalhos, xequerês, caxixis e outros instrumentos feitos também com materiais reutilizados até o Centro de Visitantes do Jardim Botânico.

Terça (5) à sexta (8), das 15h às 16h. Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico. Grátis.


10 Fevereiro - DOMINGO

Que Caquinha é Essa ?!

Um dos mais irreverentes blocos cariocas, que há 27 carnavais brinca com assuntos delicados do país, o Que M... É Essa?, ganhou um filhote dedicado aos pequenos foliões: o Que caquinha é essa?!. Um dos destaques do bloco, que este ano tem a sustentabilidade como tema, é a bateria mirim. O Que caquinha é essa?! sai no domingo de carnaval (10), às 10h30, na Rua Garcia D’Ávila, em Ipanema. 

Domingo (10), às 10h30. Rua Garcia D’Ávila, Ipanema (em frente ao bar Paz e Amor). Grátis.


11 DE FEVEREIRO - SEGUNDA

Largo do Machadinho, Mas Não Largo do Suquinho – Bloco infantil cujo repertório são cantigas de roda em ritmo de marchinha executadas por uma banda de jovens.
Largo do Machado
9h

Baile Infantil da Banda de Ipanema – Dentro da Praça General Osório. Adultos só podem entrar acompanhados de crianças.
Ipanema
15h

Outros:

O Cordão do Boitatá não é infantil, enche, mas ainda assim é um bloco familiar que sempre tem muitas crianças, principalmente pela manhã, o bloco sai as 8h do dia 10 na praça XV.
Outro bloco não infantil que acolhe sem apertos e sufocos é a orquestra voadora que sai no aterro do flamengo às 12h do dia 12.

Não esqueçam da água, do suquinho, protetor solar e é claro da animação.

Informações obtidas através dos sites:
http://www.rioguiaoficial.com.br/carnaval/blocosderua/
http://brunaamantino.blogspot.com.br/2013/01/blocos-infantis-rj-carnaval-2013.html
roteirnhos http://1001roteirinhos.com.br/2013/02/roteirinhos-de-carnaval-2013-%E2%80%93-blocos/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...